Site otimizado para o Google

Site otimizado para o Google

Ter um site bem desenvolvido é de extrema importância para qualquer campanha no Google Adwords. Um site de qualidade pode aumentar sua lucratividade com o mesmo investimento, enquanto um site mal desenvolvido pode trazer certos prejuízos em campanhas de link patrocinado.

Para ter um site bem desenvolvido e otimizado, é preciso seguir algumas etapas essenciais, são elas:

Briefing – É uma reunião onde um consultor especializado coleta as informações da empresa, procurando entender as necessidades, pontos fortes e fracos, o que a empresa deseja atingir e o valor disponível para o marketing da empresa. Isso ajuda a elaborar uma boa campanha de marketing, que valorize os pontos fortes, dentro do orçamento disponível.

Design – O profissional de design é responsável por escolher cores, imagens e posicionamento dos itens de acordo com a imagem que a empresa quer passar e o público que ela pretende atingir, isso faz com que o cliente se sinta tão confortável que finalizará a compra no site, sem ver outras opções. De nada adianta tem um site bem posicionado no Google e não passar credibilidade. O cliente acaba indo até seu site e desistindo da compra, podendo escolher um concorrente que não está bem posicionado, mas possui um site agradável e bem desenvolvido.

Estrutura do Web site – A terceira etapa é a estrutura do site. A leitura do site é feita do canto superior esquerdo até o canto inferior direito, o Google dá mais importância para os primeiros itens, tanto nos menus, como em textos do site. Por isso é aconselhável colocar as informações mais importantes para a empresa no topo do site, por exemplo, seus principais serviços. O profissional que irá desenvolver o site deve se atentar a palavras chave, descrição da página, títulos, imagens com legendas, entre outras táticas de otimização.

URL Amigável – A url amigável é planejada antecipadamente e serve para que o cliente saiba em qual página do site ele está. Ou seja, quando você clica para ver o contato da empresa, aparecerá o link do site e logo em seguida “/contato”, identificando a página que você está. Quando você utiliza uma plataforma pronta, aparecem apenas códigos que a plataforma gera automaticamente. O Google não reconhece em qual parte do site o visitante está navegando, e não conseguirá classificar seu site.

Design Responsivo – É um site que se adapta a todas as plataformas: desktop, smartphone, tablet entre outros. Em média 40% dos usuários de internet, navegam por smartphones e tablets, por isso, é importante que o cliente consiga acessar o site em qualquer plataforma. Além de que, o design responsivo é uma das normas do Google, então site ganha um melhor posicionamento por essa característica.

Conteúdo – O conteúdo é dos fatores mais importantes para o posicionamento no Google. Ele deve ser único, pois conteúdos copiados de outros sites melhoram apenas o posicionamento do site onde está conteúdo original. Também é importante colocar palavras-chave no meio do texto. Muitas empresas contratam editores para realizar redações únicas e relevantes para o Google e para o cliente.

Servidor de Hospedagem – É o local onde os arquivos do site ficam armazenados, como programação, banco de dados, imagens e todo o design que forma o site. Quando abrimos um link, ele faz o download desses arquivos armazenados no servidor para o site. Ter um servidor próximo de seus clientes facilita a comunicação, pois o tempo de resposta será menor, se adequando a mais uma das normas do Google. Além disso, servidores menores e mais baratos são os principais alvos de invasões.

Ter um site otimizado para o Google é importante por que além de te dar mais chances de conquistar novos clientes, também irá te ajudar a aumentar a pontuação da sua campanha no Google Adwords, o que te tornará o custo por clique menor, além de ganhar um maior retorno, com o mesmo investimento.

 

Deixe uma resposta